Fundador: António Paulouro | Director: Nuno Francisco
RSS
Pesquisa
Assinantes
JF Semanal

Arquivo: Edição de 4/29/2010

As memórias da filha de um herói

foto
Maria Helena Cunha Leal Ramos Rocha é um dos quatro descendentes de Francisco Cunha Leal. Testemunha da vida ímpar do seu pai, são 87 anos repletos de intensa lucidez e ardor na descrição do trajecto do seu pai que acompanhou desde muito nova. Esteve, em criança, com ele no exílio na Corunha. Viveu nos dias negros da ditadura, os ímpios dias das perseguições. A filha do ex-chefe de Governo e opositor de Salazar permitiu-nos, nas suas palavras, ter um encontro único com a história. Há vidas extraordinárias.

As dívidas das Câmaras da região
Castelo Branco é o único município de média dimensão do interior a pertencer ao ranking nacional de municípios com maiores resultados económicos. A capital de distrito surge na terceira posição, apenas ultrapassada por Porto e Oeiras, cidades de grande dimensão. É também o único concelho do distrito na lista dos 25 com maiores resultados, registando um saldo positivo de 12 milhões e 254 mil euros. A Covilhã ocupa o 13.º lugar, reduzindo em 17, 9 por cento o endividamento líquido em relação a 2007. Duas posições abaixo está o Fundão, no 15.º lugar, que em relação a 2007 aumentou a sua dívida em 11, 6 por cento, de 56 milhões e 35 mil euros em 2007 para 62 milhões e 557 mil euros em 2008.

Agricultura do Meimão morre à sede entre duas barragens
De tão injustas que são, há realidades difíceis de entender. A aldeia do Meimão vive uma situação caricata. Está praticamente rodeada pela água da Barragem da Meimoa mas não a pode utilizar para a agricultura. A água está ali tão perto, mas as culturas morrem à sede no Verão.“É uma tremenda injustiça”, protesta o presidente da Junta, Francisco Campos, que se tem batido pelo regadio. É desta aldeia do concelho de Penamacor que sai a água para o Regadio da Cova da Beira, mas, ironicamente, os agricultores desta terra não têm água para regar.

Os melhores queijos da região na feira da Soalheira
Queijos para todos os gostos (queimoso, mistura, de ovelha ou até mesmo o amarelo da Beira Baixa), marcam presença na Feira do Queijo, no próximo fim-de-semana na Soalheira. Haverá queijos para provar, apreciar e, claro, se for caso disso, comprar. Entre cerca de cinquenta expositores, o queijo será, naturalmente, a “estrela” deste certame, que contemplará outras opções associadas ao sector agro-alimentar.

 

Edição em PDF
Publicidade
 
© 2001, 2008 Jornal do Fundão Editora, Lda | Todos os direitos reservados | redaccao@jornaldofundao.pt
Global Media Group