Fundador: António Paulouro | Director: Nuno Francisco
RSS
Pesquisa
Assinantes
JF Semanal

Arquivo: Edição de 6/17/2005

EUGÉNIO NO PARAÍSO
Não há morte: tudo é canto ou chama

foto
Face à morte de um poeta com a grandeza de Eugénio de Andrade, para mais um grande amigo – daqueles que guardamos bem junto ao coração – olhamos a página branca com o temor do indizível, e, à semelhança do que Manuel Bandeira escreveu de Mozart – que o Eugénio apreciava – imaginamo-lo no paraíso, armado dos seus versos e de todas as sabedorias que nele eram um rio impetuoso.

O adeus de Cunhal e Gonçalves
Há figuras que, pela dimensão social da sua intervenção, ficam ligadas ao tempo histórico e dele fazem parte, inquestionável, na exacta medida em que marcaram a substância dos dias com a força de ideais capazes de transformar uma sociedade. Falamos de Álvaro Cunhal, dirigente histórico do Partido Comunista Português, e do general Vasco Gonçalves, figura de destaque do 25 de Abril.

 

Edição em PDF
Publicidade
 
© 2001, 2008 Jornal do Fundão Editora, Lda | Todos os direitos reservados | redaccao@jornaldofundao.pt
Global Media Group